-->

Uma nova Pastoral para uma Igreja em Saída – Pastoral do Empreendedor

Segunda-feira, 20h, um grupo de empreendedores, empresários e profissionais liberais, dão início há mais uma reunião da Pastoral do Empreendedor. O Coordenador dá as boas vindas a todos, acolhe os visitantes, convida todos à oração, proclama do Evangelho e em seguida apresenta o tema, o Empreendedor e sua relação com Deus no mundo dos negócios. Todos participam com alegria e espírito fraterno. Esses encontros acontecem há 5 anos em Salvador – BA, na Paróquia Nossa Senhora da Luz.

A Pastoral do Empreendedor é uma pastoral para uma Igreja em saída. É abrir espaço para grupos que ainda não tinham sido vistos, pastoreados, é um lugar que se fala a mesma língua e extrai do Evangelho sabedoria para a vida familiar, pessoal e para a boa condução dos negócios, empreendimentos e investimentos. O empreendedor é aquele que tende a cuidar de todo mundo, da casa, da empresa, dos funcionários, das contas, dos impostos, e quem cuida dele?

Certamente que a Pastoral do Empreendedor é a voz do Pastor, Jesus Cristo, na vida de todos os profissionais, empresários e empreendedores. A Palavra de Deus é de uma riqueza muito grande e pode facilmente ser interpretada num ambiente de negócios. O nosso amigo Pe. Joãozinho tem uma palestra muito bem elaborada, O que a Bíblia ensina aos empreendedores, que em breve vai virar livro. A Igreja em si tem muito o que ensinar aos empreendedores, por meio dos documentos sociais da Igreja e da sua própria história de crescimento e expansão.

Por falar em ensinar, por sua vez a Igreja também tem muito o que aprender do mundo corporativo e empresarial. Nas últimas décadas nós perdemos muito a capacidade de gestão, de organização, de transparência, de fazer processos e procedimentos capazes de ser obedecidos e reconhecidos por todos. Ter os empreendedores por perto é ter aqueles que são experientes em tudo isso, é ter a volta de uma igreja que sempre soube se comunicar bem, que ajudou a conceber a contabilidade, a arte de administrar, os mosteiros medievais eram espaços que se praticava novas e eficazes experiências administrativas.

A Pastoral do Empreendedor chegou para ficar, é uma pastoral paroquial e diocesana, como as demais, sem privilégios ou cobranças. Não é um lugar de captação de recurso, é um lugar de beber nas fontes, de orar, de escutar e ser escutado. O empreendedor tem sede da Palavra de Deus, é um entusiasta, um otimista, é um que quer saber mais, é um que quer ser de Deus no seu local de trabalho. Segundo Ricardo Vencato, da Pastoral do Empreendedor, de Salvador – BA, “Antes a Igreja parecia muito distante de mim, eu me sentia estranho e as vezes condenado, agora depois da Pastoral, posso conhecer melhor minha Igreja e o quanto é acolhedora, estou feliz!”.

Em São José do Rio Preto, a Pastoral do Empreendedor vem realizando um trabalho muito bonito, com a força do Bispo local e do Pe. Ernesto, da Paróquia Nossa Senhora do Brasil. Nos quatros cantos do País a Pastoral do Empreendedor pode ser uma realidade, um olhar para aqueles que as vezes se sentem a margem da nossa ação pastoral. Para saber mais sobre como montar a pastoral na Paróquia ou Diocese clique aqui.

Frei Rogério Soares

Provincial da Ordem Mercedária do Brasil

Mestre em Teologia fundamental pela Universidade Gregoriana de Roma

Contador de Profissão

Fundador da Pastoral do Empreendedor